Aulas de Xadrez

IV Floripa Ches Open 2018

IV Floripa Ches Open 2018
R$25.000,00 em Prêmios

sábado, 18 de julho de 2009

Xadrez e Psicología- I



Espera o Xadrez pela Psicologia para sistematizar toda uma série de observações sobre os aspectos psicológicos da luta enxadristica.
A bibliografia do xadrez está cheia de tais vivencias y sua influencia no desenvolvimento da partida. As experiências estão realizadas e o campo continua aberto. O xadrez oferece a possibilidade de moldar a conduta do homem e controlar os resultados de maneira muito peculiar e é do nosso interesse sublinhar tais possibilidades.

A Lasker atribuímos ser o pioneiro em apreciar que por trás da vida da peças está o individuo com seu caráter e que não se pode compreender os segredos da luta enxadristica se deixamos de lado a Psicologia, as inclinações e o caráter do individuo no transcurso desta luta.

Estudou detalhadamente o estilo, os acertos e as falhas de seus oponentes, a fim de utilizar na prática as conclusões obtidas. Em suas partidas temos demonstrações de que não sempre fez os melhores movimentos, mas sim aqueles que resultavam mais desagradáveis para seus oponentes. Estabeleceu que o estilo do enxadrista se espelha no caráter do individuo e demonstrou a verdade de sua tese na prática. Sua intuição humana, para sua época se estendeu como pura sorte ou poderes hipnóticos, por trás de tudo isto, somente um trabalhoso estudo classificatório para detectar as tendências criadoras de seus oponentes. O fruto de seu trabalho passa ao acervo prático e linguagem comum dos enxadristas quando descrevem um estilo e não se supera, independente que seja posicional ou combinatório.
Trata-se de descrever pelo estilo, diversos fatores como a maneira de pensar, o grau de emotividade, as qualidades de sua força de vontade, a atenção e o seu caráter.

Alekhine continuou desenvolvendo as idéias de Lasker sobre a necessidade de conhecer o caráter da personalidade de seu oponente. Foram precisas suas colaborações a respeito e destaca as que faria sobre J. R. Capablanca. Somou novos elementos ao prever a preparação psicológica tanto em sua relação direta ou inversa. Submete a análises os processos psicológi-cos do pensar e do caráter, ainda mais, a influencia de um sobre o outro, a vinculação de um e outro.

Posteriormente, Botvinnik somou importantes informações para criar um sistema de preparação e aperfeiçoamento psicológico, destacando importantes parâmetros, tais como a análise da melhor capacidade de trabalho durante a partida, a predisposição psicológica à competição, etc... Somasse a estas análises a capacidade extraordinária de Botvinnik para transformar as informações obtidas em concretos esquemas de abertura, e na forma de desenvolver a luta em seus aspectos gerais. A preparação especial a situava na luta contra as emoções negativas e se preparava para lutar até o final.

Todos estes dados alcançados por Botvinnik, se apreciam nitidamente em sua longa carreira e poderíamos buscar muitos exemplos nela.


Texto de Lic. Nery Maceiras Moya – Publicado em 20/09/2006 - Ano 7 Nº 320 - Semanário de Ajedrez - NUESTRO CÍRCULO - Director: Arqto. Roberto Pagura - ropagura@ciudad.com.ar - (54 -11) 4958-5808 Yatay 120 8º D 1184. Buenos Aires – Argentina.

0 comentários:

Postar um comentário