Aulas de Xadrez

IV Floripa Ches Open 2018

IV Floripa Ches Open 2018
R$25.000,00 em Prêmios

sábado, 23 de janeiro de 2010

Boletim Informativo do CXC - Dezembro 2009



     II Memorial Prefeito José Jabur




     Para encerrar o ano com chave de ouro, o Clube de Xadrez de Curitiba realizou, no dia 19 de dezembro, mais um Memorial José Jabur, distribuindo R$ 1000,00 em prêmios. O torneio contou com a participação de 16 jogadores detentores de rating FIDE, inclusive do Mestre Internacional Everaldo Matsuura, que veio a Curitiba especialmente para prestigiar o evento. Na torcida, também, esteve o Grande Mestre Alexandr Fier, que acompanhou atentamente as partidas.
 

     O vencedor o evento foi Frederico Matsuura, com 6 pontos em 7 rodadas. Segundo Fred, nunca é fácil vencer: “em partidas rápidas, tudo pode acontecer”, completa. Os dois irmãos Matsuura se enfrentaram na última rodada para decidir o torneio, mas acabaram selando a paz, o que acabou dando a vitória a Frederico.



     O Memorial é uma idealização do sócio do CXC Luiz Carlos Gomes, e presta uma homenagem ao ex-prefeito da cidade de Porecatu-PR, que por três mandatos incentivou a prática de esportes em seu município, dentre eles o xadrez.


     Ação Social CXC-Pequeno Cotolengo:

     O Clube de Xadrez de Curitiba mostrou que contribui para as causas sociais de maneira ativa: realizou dois torneios com o intuito de arrecadar doações para uma das mais tradicionais entidades filantrópicas de Curitiba, o Pequeno Cotolengo. Foram, no total, doados sessenta itens voltados ao cuidado de bebês, como fraldas de diversos tamanhos, latas de leite em pó e produtos de higiene.




     O primeiro torneio realizado foi de xadrez rápido, dia 21/11, e teve a vitória de Irídio Moura, com 4,5 pontos em 5 rodadas. Na ocasião, o presidente do CXC Acyr Calçado disse que os eventos sociais têm sido apoiados continuamente pelo Clube: “além deste torneio para arrecadar doações, fornecemos mais uma vez este ano o espaço do Clube para o Campeonato Municipal de Deficientes Visuais”. Uma semana depois, no dia 28/11, foi realizado o torneio relâmpago, que teve a vitória de Justo Chemin, com 100% de aproveitamento.
     As doações foram entregues no dia 12 de dezembro, na própria sede do Pequeno Cotolengo, pelos membros da Diretoria do CXC Leo Pasqualini, Murilo Salustiano e pelo Presidente Acyr Rogério Calçado.


     Curso de Arbitragem de Xadrez:
     Entre os dias 4 e 6 de dezembro, o Clube de Xadrez de Curitiba sediou o Curso de Organização e Arbitragem de Xadrez, promovido e ministrado pelo Árbitro Internacional Carlos Calleros. O curso contou com a participação de onze pessoas, de três estados diferentes: São Paulo, Paraná e Santa Catarina.




     O curso contou com a chancela da CBX e forneceu diploma para os aprovados. Calleros abordou aspectos variados de sua profissão: “em uma competição, há a necessidade de ser tanto organizador como árbitro. O maior problema, porém, continua sendo conseguir a verba para realizar os eventos”. O Árbitro Internacional enfocou, também, temas que poucos sabem a respeito do regulamento enxadrístico, como a obrigatoriedade da presença de um médico em eventos oficiais.
      Um ponto que merece destaque, ainda, é a quantidade de pessoas de fora de Curitiba que participaram: apenas duas eram da cidade. Calleros pretende, para o ano que vem, realizar o curso de arbitragem por e-mail, que visa atingir um público com dificuldades em atender um curso presencial. Pode-se entrar em contato pelo e-mail: calleroschess@gmail.com

     Torneio Feijoada Amigos do CXC:

     No dia 28 de novembro foi realizado o IX Torneio Feijoada Amigos do CXC, que pela primeira vez apresentou um bicampeão: o MF Adwilhans Souza, que venceu sozinho com 6,5 pontos em 7 rodadas.
     Os Torneios Feijoada têm sido, ao longo do tempo, os torneios relâmpago mais fortes que o Clube realiza. Ao que parece, os Mestres e seus seguidores gostam de uma boa feijoada, especialmente quando ela é preparada por Ulisses Kaniak, que insiste em guardar a sete chaves os seus segredos de chef: “O pessoal tem falado que meu rating na cozinha é maior que meu rating no xadrez. Não sei se isso é ou não um elogio”, brinca Kaniak, que recentemente venceu os jogos do SESI, na cidade de Joinville-SC.
     O sucesso desse evento promete se repetir em 2010. O Presidente do CXC Acyr Calçado revela: “além de mais Torneios Feijoada, estamos preparando para o verão a segunda Noite Árabe. Vai ser um sucesso!”. O próximo ano do CXC promete vir com muitas novidades.


Academia CXC:
Por MF Bolívar Gonzalez (bolivar@xadrez.pro.br).


Steinitz,William - Von Bardeleben,Curt [C54]
Hastings Hastings (10), 1895 
Nesta partida Steinitz explora bem a lentidão das pretas em fazer o roque. Juntamente com uma melhor velocidade no desenvolvimento na abertura. Chama a atenção a combinação que finaliza a partida. 1.e4 e5 2.Cf3 Cc6 3.Bc4 Bc5 4.c3 Cf6 5.d4 exd4 6.cxd4 Bb4+ 7.Cc3!? [7.Bd2!] 7...d5? [¹7...Cxe4 8.0–0 Bxc3 9.bxc3 d5 Steinitz-Schlechter/Hastings/1895] 8.exd5 Cxd5 9.0–0 Be6 [9...Cxc3 10.bxc3 Bxc3 11.Bxf7+ Rf8 12.Db3 Bxa1 13.Ba3+ Ce7 14.Te1‚ +-; 9...Bxc3 10.bxc3 Cxc3 11.Db3‚ ±] 10.Bg5 Be7 [10...Dd7 11.Bxd5 Bxd5 12.Te1+ Be7 13.Cxd5] 11.Bxd5! Bxd5 12.Cxd5 [12.Bxe7 Cxe7 13.Te1 0–0 14.Txe7? Zaitsev 14...Dxe7? (14...Bxf3!µ Fritz2) 15.Cxd5] 12...Dxd5 13.Bxe7 Cxe7 [13...Rxe7 14.Tc1 The8 (14...Rd7 15.Da4‚) 15.Tc5 Dd6 16.Dc1 (16.Dc2!?) ] 14.Te1 f6 15.De2 Dd7 [15...Dd6? 16.Db5+ Dc6 17.Db4 Dd6 18.Dxb7] 16.Tac1?! [16.Tad1! Zaitsev 16...Rf7 17.Dc4+ Cd5 18.Ce5+ fxe5 19.dxe5+-] 16...c6? [Com o lance 16 branco aparentemente bom, as pretas tiveram a chance de sobreviver jogando 16...Rf7! 17.Dxe7+? (17.Dc4+ Cd5=) 17...Dxe7 18.Txe7+ Rxe7 19.Txc7+ Rd6 20.Txb7 Thb8 21.Txg7 (21.Txb8 Txb8 22.b3 Rd5³) 21...Txb2 22.h3 Txa2©; 16...Rf8; 16...Rd8] 17.d5!!

Inicia-se uma brilhante combinação! 17...cxd5 [17...Rf7 18.dxc6 Cxc6 19.Tcd1‚] 18.Cd4+- Rf7 19.Ce6 … 20.¦c7 o cavalo "plantado" em e6 controla ambas as alas. 19...Thc8 [19...Tac8 20.Dg4; 19...Cc6 20.Cc5 Dc8 21.Db5 Tb8 (21...Cd8 22.Cd7 Cc6 23.Dxd5+ Rg6 24.g4‚) 22.Ca6 Ta8 (22...bxa6 23.Dxd5+) 23.Dxd5+ Rg6 24.Cc5 Td8 25.De4+ f5 26.Dh4‚] 20.Dg4! g6 21.Cg5+ Re8 [21...fxg5?? 22.Dxd7+-] 22.Txe7+!


Fascinante sacrifício! As pretas seguem com a esperança do mate do corredor, mas é mera ilusão, o ataque segue. 22...Rf8 [22...Dxe7 23.Txc8+ Txc8 24.Dxc8++-; 22...Rxe7 23.Te1+ Rd6 24.Db4+ Tc5 (24...Rc6 25.Tc1#; 24...Rc7 25.Ce6+ Rb8 26.Df4++-) 25.Ce4++-] 23.Tf7+! Rg8 [23...Dxf7 24.Txc8+ Txc8 25.Dxc8+ De8 26.Cxh7++-] 24.Tg7+! Rh8 [24...Rf8 25.Cxh7+ Rxg7 26.Dxd7++-] 25.Txh7+! A torre trabalha na sétima, cinco lances seguidos, abrindo a coluna h para a Dama quando a posição voltar a com xeque em g7, Rh8 perde.[25.Txh7+! Rg8 26.Tg7+ Rh8 27.Dh4+ Rxg7 28.Dh7+ Rf8 29.Dh8+ Re7 30.Dg7+ Re8 31.Dg8+ Re7 32.Df7+ Rd8 33.Df8+ De8 34.Cf7+ Rd7 35.Dd6#] 1–0

Resposta da posição teste n. 02, da edição de novembro:

R.: 1.Tg1+ Rh6 [1...Rf6 2.Rf8 Te2 3.Tf1++-; 1...Rh7 2.Tg4! Tf2 3.Rd7 Td2+ 4.Re6 Te2+ 5.Rf6 Te3 6.Tg5+-; 1...Rh8 2.Tg5 Rh7 3.Rf7 Tf2+ 4.Re6 Te2+ 5.Te5+-] 2.Tg4! Te2 [2...Rh5 3.Te4+-] 3.Rf7 Rh5 [3...Tf2+ 4.Re6 Te2+ 5.Rf6 Rh5 (5...Tf2+ 6.Re5 Te2+ 7.Te4+-) 6.Tg5+ Rh4 7.Te5+-] 4.Tf4+- 
Na posição Teste n. 02, temos problema de brancas jogam e dão mate em 8 lances. Cuja solução veremos na edição de janeiro.



     Bolívar Gonzalez é o Professor da Academia CXC. Para participar da Academia, entre em contato com o Clube. Turmas às terças e quintas ou quartas e sábados, das 15h30 às 17h00. 
Conheça o Clube de Xadrez de Curitiba:
    Endereço: Rua XV de Novembro, 266, 9º andar. Telefone: (41) 3222-4539.
    Editor: Leandro Salles (lelusalles@gmail.com)

    0 comentários:

    Postar um comentário