Aulas de Xadrez

quinta-feira, 21 de maio de 2009

O Xadrez no Cinema


HUMPHREY BOGART




Junto a Stanley Kubrick, Humphrey Bogart é o jogador de xadrez mais famoso no mundo do cinema. Humphrey DeForest Bogart nasceu dia 23 de Janeiro de 1899 em Nova York, filho de um famoso cirurgião e de uma mulher que vinha de uma família de empresários, a conhecida ilustradora, Maud Bogart.

Aprendeu a jogar xadrez aos 13 anos com seu pai, durantes as férias de verão no lago Canadaigua, onde sua família tinha uma casa de campo. Visitava os clubes de xadrez de Nova York com freqüência. Teve que abandonar seus estudos na Academia Phillips em Andover, ao norte de Boston por suas faltas e mau comportamento com o qual teve fechadas as portas de uma carreira acadêmica. Em 1918 se apresentou voluntariamente à marinha, mas não teve que intervir na Primeira Guerra Mundial, que estava quase terminando. No ano seguinte voltou a deixar a marinha.

Bogart trabalhou como mensageiro e vendedor de ações. Graças a gestão de um amigo de seus pais, finalmente recebeu um trabalho na oficina de estudos de Peerless em Fort Lee, Nova Jersey. Em 1920 mais por causalidade começou a trabalhar de ator, e trabalhou em alguns filmes na Broadway. Sua vida era caracterizada pela vida noturna nos clubes, festas de jazz, viagens de barco à vela em Long Island e visitas de finais de semana a casas de campo.

Em 1926 se casou com Helen Menken, mas divorciaram um ano mais tarde, depois de muitas discussões. Em 1928 fez uma segunda tentativa e casou com Mary Philips, que tinha o mesmo hobby que ele, a bebida. Permaneceram juntos até 1937. No ano de 1927, o pai de Bogart teve um acidente de carro e piorou sua saúde. Em conseqüência o consultório foi perdendo sua clientela e o patrimônio familiar foi diminuindo. Depois da separação de sua família, o pai trabalhou como médico em navios cargueiros.
Nestes tempos, para ganhar a vida, Bogart jogava xadrez nos parques de Nova York. Sua prodigiosa memória, dizem que bastava ler o roteiro de um filme uma única vez para saber todo o texto de memória, esta memória o ajudava a jogar bem xadrez.
Em 1930 Bogart foi para Hollywood, mas ao principio só conseguiu papeis secundários. Voltou a Nova York e a Broadway e apesar dos papeis secundários que tinha nos teatros, também voltou a jogar xadrez para ganhar dinheiro. Podíamos vê-lo muitas vezes na Time Square com seu tabuleiro de xadrez.

Um grande avanço como ator ocorreu quando Bogart na época com 36 anos, trabalhou de maneira convincente na peça teatral de êxito "The Petrified Forest" (“O bosque petrificado”) junto a Leslie Howard. Seu papel era de um brutal criminoso. Warner Brothers fez uma versão cinematográfica e graças à ajuda de Leslie Howard, também conseguiu o papel de Duke Mantee no filme.

Em 1937 faleceu uma das irmãs de Bogart, com apenas 34 anos, devido às conseqüências do alcoolismo. Bogart se casou com a terceira mulher, Mayo Methot em 1938. Finalmente em 1942 foi rodado o mais famoso filme de Bogart, Casablanca. No filme apareciam varias referencias ao jogo de xadrez que eram sugestões diretas do próprio Bogart.

De uma maneira ou outra o papel de “Rick Blaine” tinha paralelas biografias, já que, igual que Bogart, era enxadrista e bebia muito.
Houve outros filmes aonde Bogart apareceu jogando xadrez, por exemplo, no filme “Knock on any door” (“Bata em qualquer porta”, 1949).

A pesar de ter abandonado a prática do xadrez nos parques quando alcançou o êxito com seu trabalho de ator, o xadrez mesmo nunca o deixou. Jogava xadrez postal contra os mariners americanos além mar e contra os veteranos nos hospitais militares. Estas atividades lhe trouxeram a visita do FBI que suspeitavam que as anotações poderiam ser algum tipo de código secreto.
Em maio de 1945 Bogart se divorciou de Mayo Methot para casar-se com a jovem Lauren Bacall (20 anos) somente 11 dias mais tarde.

Lauren Bacall também era uma aficionada ao xadrez e na página principal da edição de janeiro do Chess Review Magazin (junho/julio 1945), foi publicada uma foto de Humphrey Bogart, jogando xadrez.
Bogart enfrentando a Charles Boyer com Lauren Bacall olhando. Na revista foi publicada ainda outra foto.

Naqueles tempos, Bogart foi um dos diretores oficiais de torneios da Federação de Xadrez dos Estados Unidos e da Associação do Estado da Califórnia de Xadrez e patrocinou o Congresso de Xadrez Panamericano em Los Angeles 1945, aonde atuou ainda como Co-organizador.

Em uma entrevista com a revista Silver Screen Magazín no ano de 1945, Bogart comentou que o xadrez era uma das coisas mais importantes em sua vida. Nos descansos durante a filmagem de suas películas sempre se entretinha com problemas de xadrez. Mas não foi o único que aproveitava para distrair-se com o jogo das 64 casas nos descansos.



Bogart com Charles Boyer e Herman Steiner


Em 1946 voltou a disfrutar seu gosto pelo xadrez apostado aonde enfrentou o dono de restaurantes, Mike Romanoff (1890-1972). Bogart perdeu o duelo e os 100 dólares da aposta. Ao chegar em casa, em seguida chamou pelo telefone a Romanoff para pedir uma partida revanche pelo mesmo valor. Romanoff perdeu em 20 jogadas, mas sem saber que Bogart contava com a ajuda do maestro americano, Herman Steiner.

Mike Romanoff foi o oponente favorito de Bogart. Bogart alugou uma mesa no restautante Romannoffs, no Rodeo Drive em Beverly Hill, fazendo-se presente por muitas vezes. Quando Bogart não aparecia, a mesa ficava permanentemente reservada.

Em 1947 Bogart chegou a ser o melhor ator pago do mundo, ganhando aproximadamente 500.000 US dólares por ano. Fundou uma empresa produtora de películas, Santana Pictures. Correm rumores que Bogart até analisava os seus amigos através de seus conhecimentos enxadristicos. Em 1949 nasceu o filho de Bogart e Bacall, Stephen, e em 1952 a filha Leslie Howard, que recebeu o nome em recordação a velha mentora de Bogart que em 1942 tinha falecido em um giro para animar as tropas americanas. Em uma visita a San Francisco em 1952, Humprey Bogart se enfrentou com George Koltanowski, quem jogou a cegas e venceu Bogart em 41 movimentos.
Em outra ocasião, Bogart tinha conseguido tablas contra Samuel Reshevsky em uma simultânea deste jogador no restaurante de Romanoff.

Bogart recebeu o Oscar por seu papel no filme “African Queen” (A Rainha da Africa, 1951) como melhor ator.
Ao que parece, jogou por muitas vezes xadrez com sua colega de filmagens, Katherine Hepburn, durante as locações do filme no Congo Belga. Foram conservadas as anotações da partida contra o futuro Campeão Nacional da Bélgica, Paul Limbos.
O próprio Bogart, sem duvida se viu como o melhor enxadrista de Hollywood. Entretanto, perdeu uma partida contra o colunista do New York Herald, Art Buchwald.

Em meados dos anos 50, foi diagnosticado um câncer de esôfago. Uma difícil operação em 1956 não teve êxito. Bogart faleceu no dia 14 de janeiro de 1957, com somente 36 quilos devido a sua doença. Seu oponente de xadrez de toda a vida, Mike Romanoff, foi um dos amigos que levou o seu caixão.

Texto de André Schulz – Publicado em 12/04/2008 - Ano 7 Nº 297 - Semanário de Ajedrez - NUESTRO CÍRCULO - Director: Arqto. Roberto Pagura - ropagura@ciudad.com.ar - (54 -11) 4958-5808 Yatay 120 8º D 1184. Buenos Aires – Argentina.

1 comentários:

Aron Corrêa disse...

Muito bom o seu blog, Calheiros. Muita cultura no meio das regras para os enxadristas. Parabéns!

Postar um comentário